O artesanato brasileiro é conhecido por sua riqueza cultural. Por ser mais difundido em lugares afastados dos grandes centros, muitas vezes não consegue o devido reconhecimento e não tem acesso à comercialização.

Com o intuito de projetar estas obras tipicamente brasileiras, a CAIXA lançou em 2008 o Programa CAIXA de Apoio ao Artesanato Brasileiro, que consiste no patrocínio a comunidades artesãs por meio de um processo seletivo público, aberto anualmente a todas as regiões do país.

O programa tem por foco o desenvolvimento de comunidades artesãs e de sua sustentabilidade, a valorização do artesanato tradicional e da cultura brasileira, contemplando todo o processo produtivo, desde a aquisição de ferramentas até a comercialização do produto.

Com esta ação, a CAIXA visa valorizar, divulgar e promover o nosso artesanato em toda sua riqueza e diversidade, estimulando as comunidades artesãs por meio do apoio à capacitação, aprendizagem de novas técnicas, qualificação de mão de obra, aprimoramento do processo produtivo e geração de novos empregos e renda, sem, contudo, interferir no valor cultural da peça.

Com intuito de fortalecer grupos e espetáculos de teatro e dança, de aprimorar e de difundir técnicas, métodos e linguagens, é que, tradicionalmente, a CAIXA patrocina festivais de teatro e dança em várias regiões do Brasil.

Desde 2008, com o objetivo de democratizar o acesso aos patrocínios, o processo de seleção dos projetos tornou-se público, por meio de editais anuais.

A seleção de projetos é realizada de modo a contemplar todas as regiões brasileiras, com objetivo de incentivar e promover a circulação do teatro e da dança, de fomentar o intercâmbio de idéias, de artes, de cultura, postura já consolidada da CAIXA em relação ao apoio à cultura brasileira, e de promoção da inclusão social e do desenvolvimento humano.

Desde 1980 os espaços da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo têm proporcionado estímulo à produção de artistas brasileiros e ao intercâmbio de idéias e experiências, oferecendo ao público espetáculos com representantes das variadas expressões artísticas, do erudito ao popular, das novas performances/tecnologias ao resgate de nossas tradições.

Com a abertura da CAIXA Cultural em Fortaleza e Recife, no ano de 2012, o Programa ampliou ainda mais seu alcance.

O Programa de Ocupação dos Espaços da CAIXA Cultural se desenvolve por meio de seleção pública anual de projetos, em âmbito nacional, com objetivo de preencher a pauta dos teatros, galerias, cinemas, nos segmentos de teatro, música, dança, pintura, escultura, fotografia, cinema, mímica, instalações, videoinstalações, intervenções.

A CAIXA acredita que dessa maneira contribui para a democratização do acesso ao patrocínio cultural, possibilitando aos artistas dos mais distantes municípios brasileiros concorrerem a recursos para realização de seus projetos.

O Programa CAIXA de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro tem por objetivo assegurar a preservação e a democratização do acesso ao patrimônio cultural brasileiro por meio do patrocínio a instituições museológicas em todo o território nacional.

A cada edição, são elegidas diferentes ações que podem ser contempladas com o patrocínio, que tragam benefício à instituição museológica a ser apoiada.

Os projetos a serem patrocinados são escolhidos via seleção pública, por entendermos que é a melhor forma de tornar o processo de escolha democrático, descentralizado e transparente.

O Programa encontra-se alinhado à política cultural da CAIXA que, alicerçada pelo diálogo constante com arte e cultura brasileira, produz condições para o fomento à preservação e valorização patrimonial.

Investir recursos no segmento patrimônio cultural reafirma a visão da CAIXA de que a cultura contribui para o processo de inclusão social, desenvolvimento do pensamento crítico e criativo das pessoas.