Com intuito de fortalecer grupos e espetáculos de teatro e dança, de aprimorar e de difundir técnicas, métodos e linguagens, é que, tradicionalmente, a CAIXA patrocina festivais de teatro e dança em várias regiões do Brasil.

Desde 2008, com o objetivo de democratizar o acesso aos patrocínios, o processo de seleção dos projetos tornou-se público, por meio de editais anuais.

A seleção de projetos é realizada de modo a contemplar todas as regiões brasileiras, com objetivo de incentivar e promover a circulação do teatro e da dança, de fomentar o intercâmbio de idéias, de artes, de cultura, postura já consolidada da CAIXA em relação ao apoio à cultura brasileira, e de promoção da inclusão social e do desenvolvimento humano.

Desde 1980 os espaços da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo têm proporcionado estímulo à produção de artistas brasileiros e ao intercâmbio de idéias e experiências, oferecendo ao público espetáculos com representantes das variadas expressões artísticas, do erudito ao popular, das novas performances/tecnologias ao resgate de nossas tradições.

Com a abertura da CAIXA Cultural em Fortaleza e Recife, no ano de 2012, o Programa ampliou ainda mais seu alcance.

O Programa de Ocupação dos Espaços da CAIXA Cultural se desenvolve por meio de seleção pública anual de projetos, em âmbito nacional, com objetivo de preencher a pauta dos teatros, galerias, cinemas, nos segmentos de teatro, música, dança, pintura, escultura, fotografia, cinema, mímica, instalações, videoinstalações, intervenções.

A CAIXA acredita que dessa maneira contribui para a democratização do acesso ao patrocínio cultural, possibilitando aos artistas dos mais distantes municípios brasileiros concorrerem a recursos para realização de seus projetos.